Menina volta à vida após 70 minutos sem batimentos e mãe louva a Deus: ‘Ele fez milagre’

  • 08/07/2024
Menina volta à vida após 70 minutos sem batimentos e mãe louva a Deus: ‘Ele fez milagre’
Menina volta à vida após 70 minutos sem batimentos e mãe louva a Deus: ‘Ele fez milagre’ (Foto: Reprodução)

Hellen Sousa louvou a Deus por sua filha voltar à vida após ficar sem batimentos por mais de 70 minutos, em um verdadeiro milagre.

Lara, de 10 anos, teve um infarto enquanto brincava em uma piscina em Planaltina, no Distrito Federal, no dia 9 de junho. Quando seu coração parou, a menina começou a se afogar.

“Minha filha estava brincando com a irmã dela na piscina, no aniversário de uma amiga. Estávamos perto, e ela sempre nadou bem. De repente, ouvi um grito desesperado da Clara (irmã). Quando tiraram a Lara da piscina, ela estava com a pele roxa, os dentes travados e os olhos arregalados. Nunca vou esquecer a angústia de vê-la assim”, relatou Hellen, em entrevista ao Metrópoles.

Uma técnica de enfermagem, que estava na festa, tentou reanimar Lara com ressuscitação cardiopulmonar (RCP), porém ela estava com a mandíbula travada e era impossível tirar a água que engoliu.

Então, a menina foi levada até um batalhão do Corpo de Bombeiros próximo, mas eles também não conseguiram reanimá-la.

“Nem me lembro direito o que passava na minha cabeça. Estava tão angustiada com aquilo. A imagem dela daquele jeito, tão perto de morrer, não sai da minha cabeça nem por um dia. Não consigo processar até agora tudo aquilo que aconteceu”, desabafou a mãe.

Em seguida, Lara foi para o Hospital de Planaltina. Lá, a equipe médica fez as manobras de reanimação cardíaca por 70 minutos até seu coração voltar a bater. Na maioria dos casos, não há sobreviventes após 50 minutos de RCP.

Logo depois, a menina foi levada de ambulância às pressas para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). Assim que chegou, ela foi colocada no desfibrilador.

“Foi emocionante ver a reação do coração após quase termos perdido a esperança”, lembrou Edvagner Carvalho, cardiologista especialista em estimulação cardíaca do HBDF, que atendeu a menina.

Arritmia não diagnosticada

Lara permaneceu intubada por cinco dias e a água de seus pulmões foi retirada através de drenos. Exames mostraram que a criança sofre de arritmia cardíaca, que não havia sido diagnosticada antes.

Ela passou por uma cirurgia para receber um cardiodesfibrilador implantável (CDI) e segue fazendo tratamento médico.

Após um mês de internação, Lara recebeu alta do hospital na última quinta-feira (4) e voltou para casa. Ela sobreviveu quase sem sequelas.

Para a mãe, a sobrevivência da filha é resultado da intervenção divina e agradeceu ao Senhor.

“Obrigada meu Deus pelo milagre que você fez na vida da minha filha, só tenho a agradecer primeiramente a Deus e por todas as orações”, escreveu Hellen, em postagem no Instagram.

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/testemunhos/menina-volta-vida-apos-70-minutos-sem-batimentos-e-mae-louva-deus-ele-fez-milagre.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes